Resumo de Amor & Revolução

Foi divulgado o resumo dos próximos capítulos da novela Amor e Revolução da SBT de 17 a 21 de Outubro de 2011. Confira abaixo os principais acontecimentos da novela Amor e Revolução essa semana no resumo do dia 17-10, 18-10, 19-10, 20-10, 21/10/2011. Aqui o resumo completo do dia 17 de outubro, 18 de outubro, 19 de outubro, 20 de outubro, 21 de outubro, de 2011. Da semana de 17 de outubro a 21 de outubro de 2011.

Capítulo 140, segunda-feira, 17 de outubro – Marília vai à igreja com Jorginho. Padre Bento diz a padre Inácio que ele promoteu abandonar a vida mundana. Heloisa diz a Dr. Ruy que ele está se comportando como os policiais torturadores do Dops. José está preso no quartel. Ele é interrogado por Filinto, Tavares e Borges. Aranha comemora com os policiais do Dops o fato de ter acertado Maria Paixão. Jeová vai à sala de Aranha e conta ao delegado que Fritz é matador de garotos de programa. José diz aos militares que não sabe nada sobre o paradeiro de Maria. Filinto afirma que a carreira de José está indo pelo ralo. Fritz ameaça Minhoca com punhal. Aranha pede para Jeová não atrapalhar o interrogatório de Minhoca. Violeta fala aos guerrilheiros que está planejando pegar o Filinto na saída do quartel. Telmo diz a Violeta que ela pode contar com a ajuda dele. Nina fica com ciúmes. O grupo de teatro Vanguarda faz ensaio da peça para a censura. A censora fala a Aranha que não viu nada de cunho político na peça, e libera a obra. Aranha afirma que o espetáculo é uma pouca vergonha. Minhoca revela a Fritz onde Romildo está escondido. Fritz conta a Aranha. O delegado pergunta a Fritz se ele gosta de homens para se divertir ou para matar. Aranha pergunta a Fritz se ele é o assassino de garotos de programa.

Capítulo 141, terça-feira, 18 de outubro – o grupo de teatro Vanguarda comemora o ensaio do espetáculo, que foi liberado pela censura. Lúcia conta a João que Thiago foi demitido do jornal. Aranha invade o hotel em que Romildo está hospedado. Durante a festa, Miriam se sente enjoada. Mário pergunta se ela está grávida e se existe possibilidade do filho ser dele. Aranha assassina Romildo no quarto do hotel. Jandira diz a Batistelli que a febre de Maria passou. Lúcia chega ao aprelho e descobre que Maria foi baleada. Ana pede para Lobo Guerra soltar José. Os dois têm uma discussão. O general diz que José está ajudando uma subversiva. Maria telefona para a casa de José. Lobo Guerra atende o telefone e se passa por José. Maria percebe. Lobo Guerra diz a Maria que José embarcou para o exterior. Júlio conta a Feliciana que não conseguiu matar Lobo Guerra. Júlio a agarra e conta que fez um acordo com Lobo Guerra para matá-la. Júlio coloca um punhal no pescoço de Feliciana. Maria e Lobo Guerra têm uma discussão feroz ao telefone. Eles trocam acusações. A guerrilheira afirma que vai lutar para derrubá-lo do poder. Lobo Guerra fica furioso. Feliciana luta com Júlio. Ela pega uma arma e atira nele. Filinto diz que está disposto a soltar José desde que ele diga onde está Maria Paixão. Filinto dá ordens aos soldados para algemar José, que resiste e parte para a briga. Violeta diz que está disposta a matar Filinto. Ela quer sequestrá-lo e torturá-lo. José está amarrado. Filinto começa a espancar o próprio irmão.

Capítulo 142, quarta-feira, 19 de outubro – Nina e Telmo dizem a Violeta que ela fala de Filinto com tanto ódio e fervor que até parece a própria Olivia. Misterioso, Fritz diz a Minhoca que ele não imagina o que vai acontecer quando sair do Dops. Maria conta a Batistelli, Jandira e Lúcia que falou com Lobo Guerra. Batistelli diz que Maria tem que esquecer José. Maria diz para Lúcia pedir para João descobrir por intermédio de Miriam onde está José. Coronel Santos deixa a sala do quartel em que José está preso. Filinto dá um soco no irmão. Bartolomeu e Henrique conversam sobre o sumiço de Heloisa. Bartolomeu telefona para Dr. Ruy e pergunta sobre Heloisa. Os dois discutem ao telefone. Bartolomeu chega a conlusão de que o médico está mantendo a filha presa. Os guerrilheiros pensam em resgatar Heloisa. Depois de matar Júlio, Feliciana foge da favela. Jandira fala a Batistelli que percebeu que ele estava se insinuando para Violeta. Maria fala à mãe que se José foi mesmo embora para o exterior, ela vai morrer de culpa. Aranha manda Fritz soltar Minhoca. Fritz revela a Aranha que não consegue ver depravados soltos pelas ruas. O delegado aconselha Fritz ficar atento, pois tem pessoas que estão “de olho” nele.

Capítulo 143, quinta-feira, 20 de outubro – Beto fala a Thiago que não tem nada contra ele. Thiago afirma que perdeu a melhor mulher do mundo e diz que está disposto a resconquistar Lúcia. Padre Inácio pergunta a Marília como ela tem certeza de que está grávida. Marília afirma que Inácio é o pai. O padre diz que a gravidez dela é psicológica. Fritz solta Minhoca e diz que os dois vão fazer um passeio de carro. Jeová chega e pergunta a Fritz se ele vai liberar o preso. Minhoca fala para Jeová que se ele aparecer morto Fritz é o assassino. Filinto bate em José novamente e pergunta onde está Maria. Borges aconselha Filinto a aplicar o soro da verdade em José. Fritz leva Minhoca para o galpão de tortura. O inspetor pede para Minhoca tirar a roupa. Fritz atira em Minhoca. Marcela revela a Marina que tem medo de perdê-la para outro homem. Marina diz que não é propriedade de ninguém. Lobo Guerra afirma a Filinto que eles terão que aumentar o controle sobre os noticiários de televisão. Lobo guerra pergunta a Filinto se ele conseguiu descobrir algo ao interrogar José. O general permite que Filinto use o soro da verdade em José para descobrir alguma coisa. Tavares vai ao Hospital das Forças Armadas com ordem de Lobo Guerra para que Dr. Ruy aplique o soro da verdade em José. Bartolomeu e Henrique entram no hospital para salvar Heloisa. A enfermeira Julia ajuda os guerrilheiros. Jeová conta a Aranha que Minhoca foi encontrado morto. O carcereiro acusa Fritz de assassinato. Fritz ouve a conversa.

Capítulo 144, sexta-feira, 21 de outubro – Maria diz a Batistelli e Jandira que não aguenta mais ficar dentro de casa e vai dar uma volta. Jandira fala a Maria que ela não pode se expor e ir atrás de josé. Dr. Ruy aplica o soro da verdade em José. Filinto, Tavares e Borges aguardam o efeito da droga em José para interrogá-lo. Aranha diz a Jeová que é melhor ele se calar para não correr riscos. Júlia telefona para o delegado Aranha e conta que Heloisa foi levada pelos guerrilheiros. Sob o efeito do soro da verdade, José diz que ama Maria, mas não sabe onde ela está. Ana fala a Lobo Guerra que quer ver José. O general diz que é impossível e que José vai ficar preso por tempo indeterminado. Feliciana liga para Lobo Guerra e o ameaça. Monsenhor chega à igreja e diz que precisa ter uma conversa séria com padre Inácio. Monsenhor pergunta ao padre se não chegou o momento dele deixar a igreja. José diz aos militares que ama Maria e faz qualquer coisa para deixá-la bem. Maria brada a Batistelli e Jandira que eles não podem impedi-la de sair. Ela afirma que não vai sair com o intuito de encontrar José. Jandira decide ir com Maria. José acusa Filinto de ter torturado, sufocado e assassinado Olivia. Dr. Ruy fica sozinho com José. O médico pergunta a José sobre Heloisa, mas é interrompido por militar, que conta que Heloisa foi levada do hospital por guerrilheiros. Violeta e Nina observam os movimentos de Filinto, pois as duas querem sequestrá-lo. João aconselha a mãe a avaliar melhor a situação de Thiago, pois não pode deixá-lo dormir na rua. Thiago chega bêbado na casa de Lúcia e diz que foi despejado do hotel. Padre Inácio diz ao Monsenhor que não quer deixar a igreja. Monsenhor afirma a padre Inácio que o povo da cidade está comentando sobre o filho dele. O Monsenhor diz a Inácio que a única maneira dele continuar na igreja é ir para outra paróquia.