Vidas em Jogo record

Foi divulgado o resumo dos próximos capítulos da novela Malhação Conectados 2011 de 16 a 20 de janeiro de 2012. Confira abaixo os principais acontecimentos da novela Malhação Conectados 2011 essa semana no resumo do dia 16-01, 17-01, 18-01, 19-01 e 20-01-2012. Aqui o resumo completo do dia 16 de Janeiro, 17 de Janeiro, 18 de Janeiro, 19 de Janeiro, 20 de Janeiro de 2012. Da semana de 16 a 20 de janeiro de 2012.

Capítulo (*) 183, segunda-feira, 16 de janeiro – O carro de Andrea passa pelo cruzamento antes de ser atingido, porém, continua avançando sem freio. Lucas e Carlos, que seguem o carro, se desesperam. Eles aceleram para emparelhar com o táxi. Lucas abre a porta da van e pede que Andrea pule através de sua janela. Ela quase consegue, mas Lucas é obrigado a frear porque se aproxima de um canteiro. Carlos decide acelerar para ficar à frente do táxi e pará-lo com seu carro. Quando está quase conseguindo, é obrigado a frear porque um carro que está mais à frente trafega muito devagar. O táxi de Andrea se aproxima de uma curva e capota. Lucas chega rapidamente para retirar Andrea do veículo. Ele constata que o motorista morreu. A milionária sangra muito e tenta não permitir que Lucas se aproxime. Ele ignora o pedido da ex-namorada e a retira do carro com muita dificuldade. O ex-casal percebe que um rastro de gasolina em combustão escorre na direção deles. Lucas consegue levá-la quando o táxi explode a poucos metros deles. Andrea desmaia e o ex-motorista de van se desespera. Carlos e o segurança se aproximam. Na ausência de Margarida, Elton e Valdisnei se enfrentam. Divina consegue um emprego na confeitaria de Augusta. Adalgisa se prepara para seu retorno a Paris. Suzana decide acertar sua documentação para trabalhar junto com a mãe biológica de Raimundo, fora do Brasil. Juliana visita Patrícia e Francisco. Lucas liga para a ex-assessora do Cariocas aos prantos e conta que Andrea sofreu um acidente gravíssimo. O capotamento do táxi logo vira notícia. Regina assiste à TV e torce para que a milionária morra. Adalgisa se despede de Raimundo. Antes de partir ela deixa com o filho uma foto antiga onde aparece junto com Augusta, antes de ela se tornar transexual, e Raimundo, ainda bebê. Mais uma vez, Fátima tenta envenenar Nelize contra Francisco, falando sobre más influências. Marcolino chama Daniel e Welligton para jogar videogame na casa de Francisco. Resistente à princípio, Edmundo afirma que aceitará se algumas meninas também estiverem presentes. Os jovens se reúnem, animados, na casa de Francisco. Lucas aproveita que uma repórter fala ao vivo, direto do hospital, e tira o microfone das mãos dela para dizer que Regina é a responsável pelo atentado. Ele afirma que vai matá-la. Patrícia vai até a casa da mãe e exige que ela fale a verdade. Regina não confessa. Ela atende uma ligação de Cleber, onde praticamente assume a culpa pelo atentado. Ameaçada, ela desliga o telefone. Patrícia, que ouve tudo, decide contar a verdade para a turma do bolão. Regina assume a culpa. Patrícia chora, se sentindo péssima. Ela exige que a mãe revele o nome da outra pessoa que participou do atentado. Divina entra na casa de Margarida e pergunta se Elton sabotou o táxi. Carlos volta da porta do centro cirúrgico para falar com os amigos que aguardam por notícias de Andrea.

* Sujeito à alteração de acordo com a edição dos capítulos.

Capítulo (*) 184, terça-feira, 17 de janeiro – Carlos revela que Andrea morreu. Todos desabam. Elton se esquiva das acusações de Divina enquanto Margarida o defende. Ela afirma que todos saberão que Ernesto também matou alguém. Elton e Valdisnei, que não sabiam, ficam curiosos, mas Margarida não revela que Betão morreu em consequência de um tiro disparado por Ernesto. Margarida afirma que se as acusações sem prova contra Elton continuarem, ela mesma vai entregar Ernesto. Marizete liga para Patrícia e conta que Andrea não resistiu. Regina, que ouve a conversa, vibra discretamente. Mesmo sabendo que a empresária é culpada, Patrícia mente para Marizete que vai tentar pressionar a própria mãe para que ela confesse. Suzana se despede de Raimundo. Ela demonstra toda sua decepção antes de partir, rumo a Paris. O rapaz fica arrasado. Augusta volta para a casa e conta que Andrea morreu. Raimundo se emociona, e a milionária instintivamente se aproxima para abraçá-lo. Raimundo se afasta com repulsa. Dila fica aflita ao imaginar que sua patroa pode ser a responsável pela morte de Andrea. Todos choram copiosamente no enterro de Andrea. Regina aparece no enterro, acompanhada de seguranças, e surpreende todos. Todos acusam a milionária, que tenta se esquivar. Elton se manifesta contra Regina, em uma tentativa de se livrar da culpa. Ela entra no jogo e a dupla começa uma falsa discussão. O ex-garçom avança sobre Regina e os seguranças tentam impedi-lo. Lucas aproveita e pega o revolver de um dos seguranças e atira para cima. Transtornado, ele aponta para Regina. Os seguranças da empresária sacam suas armas e miram em Lucas enquanto os seguranças da turma do bolão também pegam suas pistolas. Tensos, todos tentam acalmar Lucas enquanto Regina fica desesperada. Ele devolve a arma para o segurança e a empresária vai embora. Patrícia a segue, até que as duas chegam à lápide do falecido marido de Regina. Ela demonstra arrependimento, e Patrícia decide voltar para o enterro. Disfarçado de viúva, Cleber observa tudo. Quinze dias após o enterro de Andrea, Lucas se distancia bastante de todos, inclusive de Juliana. O campo do Cariocas é preparado para o casamento de Cacau e Welligton. Todos se preparam para a festa e confirmam presença, menos Margarida. Carlos estranha. A milionária reclama que não recebeu os convites, enquanto Valdisnei estranha porque Grace avisou que deixaria os convites na caixa de correio. Elton tenta envenenar a namorada contra os amigos mais uma vez. Ela está praticamente convencida a viajar para a Bolívia. Com o convite nas mãos, Cleber se prepara para aparecer no casamento.

* Sujeito à alteração de acordo com a edição dos capítulos.

Capítulo (*) 185, quarta-feira, 18 de janeiro – Cleber entra em contato com um amigo e solicita um helicóptero para o dia seguinte. Welligton fica nervoso com sua despedida de solteiro. Daniel pede ao pai, que aceita ceder a ala japonesa do restaurante para a festa do noivo. Sem querer, Renato comenta com Fátima que vai acontecer a despedida de solteiro de Welligton. Como não sabia de nada, ela exige explicações e Renato é obrigado a revelar onde vai acontecer a festa. Regina liga Patrícia e conta que Tatiana está voltando para o Brasil. Raimundo sugere que Augusta passe todos os bens para o seu nome para que não corram riscos. Depois de refletir a milionária afirma que passará tudo para o nome de Raimundo se ele se mostrar capaz de gerir e cuidar da Doce & Dança. Elton pergunta se Regina matará Jorge como combinaram anteriormente. Ela afirma que sim e que, inclusive, descobriu que ele fará uma cirurgia em breve. Elton diz que a despedida de solteira de Cacau vai acontecer na casa de Marizete. Regina começa a pensar em algo. A empresária liga para Dila e pede que ela roube uma jóia de Marizete durante a festa. Regina recebe um investigador que tenta descobrir os motivos que levaram à morte de Andrea. Elton é obrigado a se esconder e ouve tudo, tenso. Marcolino reclama porque ainda não tem idade para ir na despedida de solteiro de Welligton. Depois que o investigador vai embora, Regina exige que Elton volte na construtora apenas quando for chamado. Augusta avisa aos funcionários da confeitaria que Raimundo ficará responsável pela Doce & Dança durante três meses. Começa a despedida de solteiro de Welligton, que fica muito sem graça com as dançarinas. Ele aproveita um momento de distração e foge. No caminho encontra Marcolino, que saiu escondido de casa. O jogador pede que o irmão de Francisco diga a todos que ele foi embora. Dila rouba uma bolsa caríssima de Marizete. Fátima aparece na despedida de solteiro. Ela procura Welligton mesmo depois que Marcolino avisa que o rapaz foi embora. No dia seguinte, José se levanta cedo e pede a chave de Marizete. A milionária pede que ele procure na bolsa. José afirma que não está vendo a bolsa no quarto e Marizete se irrita. Tatiana pergunta a Regina se ela matou Andrea. Juliana desiste de continuar morando com Lucas. No dia seguinte, ainda durante o café da manhã, Carlos recebe em sua casa outra coroa de flores, semelhante a que recebeu após a morte de Belmiro. Edmilson teme pela filha que se casará, mas Fátima decide assumir os riscos.

* Sujeito à alteração de acordo com a edição dos capítulos.

Capítulo (*) 186, quinta-feira, 19 de janeiro – Fátima decide manter o casamento. Carlos afirma que triplicará a segurança. Acatando o pedido de Lucas, Juliana decide ficar. José e Marizete não acham a bolsa. Mais uma vez, ela desconfia de Marta. Carlos vai até a casa de Regina. Welligton pergunta a Margarida por que ela não confirmou presença no casamento. Ela explica que não recebeu o convite e o jogador estranha. Wellington garante que foi um problema no envio, mas Elton tenta convencer Margarida de que ele não os queria no casamento. Carlos devolve a coroa de flores para Regina e a ameaça caso ela planeje interferir no casamento de Wellington e Cacau. Regina telefona para Patrícia e afirma que não foi ela quem enviou a ameaça na forma da coroa de flores para a turma do bolão. Ela ainda pede a filha que não conte nada a Tatiana sobre o seu envolvimento na morte de Andrea. Patrícia e Rita aconselham Francisco a não ir ao casamento, por ser um alvo em potencial. Ele insiste que é o padrinho e as duas decidem acompanhá-lo. Edmilson pergunta a Cacau se ela tem certeza que o casamento deve acontecer naquele dia. A filha argumenta que, caso contrário, Fátima pode descobrir que ela não está grávida. Jaqueline ouve e Cacau tenta se justificar dizendo que era a única forma dela e Wellington ficarem juntos. Edmilson diz que teme pela segurança do casamento e afirma que Regina ou Cléber podem fazer mais uma vítima. Jaqueline fala que foi Ernesto quem mandou a coroa de flores. Wellington e Carlos inspecionam o local do casamento e não encontram nada suspeito. Carlos diz que enviou seguranças para a cozinha de Severino para se certificar de que ninguém envenene a comida. Adalberto pede que o dono do restaurante o libere para convidar Zizi para acompanhá-lo no casamento. Patrícia ouve Francisco aconselhar Edmundo e Marcolino a não comparecerem à cerimônia. Os irmãos, no entanto, afirmam que vão. Nelize diz que se arrependeu do acordo estabelecido com Francisco e teme pela segurança dos meninos. Edmundo argumenta com a mãe dizendo que se ela desistir, Francisco pode voltar a lutar pela guarda de Marcolino. Cléber recebe uma ligação e comemora que o presente do casal “cairá do céu”. Adalberto se declara para Zizi e pede mais uma chance a ela. Zizi admite que ele está mudado, mas afirma que não poderá ir ao casamento. Regina se irrita ao saber que não haverá reforço policial. Com a proximidade do horário do casório, Wellington agradece Carlos por sempre ter sido um bom pai para ele e Grace. Preocupada, Marizete tenta convencer José a não ir ao casamento. Ele questiona a namorada se vale a pena dar continuidade a esse jogo de vida e morte pelo dinheiro. Jaqueline e Severino se afastam de Divina, que fica arrasada. Adalberto e Guilherme garantem que procurarão conversar com seu ex-marido. Francisco pergunta a Carlos por que ele não mencionou a coroa de flores antes. Adalberto aconselha Rita a conversar com Francisco sobre a presença de Patrícia em sua casa. Juliana é fria com Raimundo. Jaqueline revela para Daniel que Cacau mentiu sobre a gravidez. Fátima se preocupa com o atraso de Wellington e decide procurá-lo. Daniel ameaça Wellington de contar a verdade sobre a gravidez de Cacau e acabar com o casamento. Fátima chega a tempo de ouvir a conversa entre os dois.

* Sujeito à alteração de acordo com a edição dos capítulos.

Capítulo (*) 187, sexta-feira, 20 de janeiro – Wellington procura desconversar e afirma que Daniel está preocupado com a segurança do casamento. Fátima insiste que está tudo em ordem e o futuro genro a leva rapidamente dali. Cleber telefona para Carlos e pergunta se ele gostou da coroa de flores. Comandado por seu desejo de vingança contra Regina e Carlos, o ex-policial garante que é capaz de furar a proteção montada. Ele arma um plano com um piloto de helicóptero. Carlos comunica a todos que o casamento deve ser cancelado, apesar dos protestos de Fátima e Wellington. Daniel fala para Severino que descobriu um segredo capaz de acabar com o casamento, mas o pai o aconselha a não fazer nada de que possa se arrepender. Está tudo pronto para o início da cerimônia e Cacau surpreende a todos com sua beleza. Zezé e Fifi carregam as alianças. Edmilson fica emocionado ao acompanhar a filha até o altar, enquanto Daniel não consegue esconder a decepção. No momento da troca de alianças, Daniel interrompe a cerimônia e se encaminha até o altar. Discretamente, Welligton revela a Cacau que o rapaz sabe sobre a falsa gravidez. O noivo implora para que Daniel não diga nada. Cacau diz a Daniel que ama Wellington e que ele não pode mudar isso. Ela consegue convencê-lo a desistir de atrapalhar o casamento. Cacau e Welligton se casam. Os convidados são surpreendidos com uma chuva de dinheiro falso vinda do helicóptero comandado por Cleber. Todos ficam assustados com a mensagem por trás da nota, que apresenta a imagem de uma caveira. Do alto, Cleber ordena ao piloto que se aproxime e dá um rasante. Ao perceber que ele está armado, Carlos manda todos se abaixarem. Cleber aponta a arma para Francisco e depois para Rita, que foge. Fátima é atingida no peito. Cacau corre para socorrer a mãe, mas se dá conta de que também levou tiros. Aliviada, ela afirma que se trata apenas de tinta de paintball. Carlos e os seguranças atiram contra o helicóptero, que se afasta. Cleber comemora o terror que provocou nos convidados. Já mais calmos, todos debatem sobre o acontecido. Guilherme diz que Cleber tem prazer em brincar com o medo deles. Renato pondera que talvez fosse melhor ter cancelado o casamento, mas Welligton argumenta que, enfim, ele e Cacau são marido e mulher. O autor do atentado volta a telefonar para Carlos. Cleber provoca Carlos e pergunta se ele ainda se lembra dos tempos em que brincavam de mocinho e bandido no jardim de seu pai. Dila conta para Regina o que aconteceu no casamento. A empresária fica sem entender por que Cleber não matou Francisco, uma vez que a morte do pai do filho de Patrícia prejudicaria seus planos. Regina se preocupa com a possibilidade de Marizete estar colocando Dila contra ela. Vangloriando-se do sucesso de sua última empreitada, Cleber planeja mais um golpe contra Regina. Diante da foto de Marcolino, ele garante que Francisco não chegará a cumprir sua missão. Preocupada com a segurança de Edmundo e Marcolino, Nelize questiona o acordo que fez com Francisco. Edmundo a assegura de que, assim que conseguir o dinheiro, Francisco não terá mais interesse neles. Rita ouve e garante ao menino que o irmão não abrirá mão deles. Francisco presencia a discussão entre Rita e Edmundo e a aconselha a não confrontar os meninos, sob risco de afastá-los ainda mais. Ela fica chateada e questiona o fato de Francisco ter protegido Patrícia durante o ataque de Cleber. Rita diz a Francisco que somente com o nascimento da criança, Patrícia deixará de manipulá-lo. Cacau e Wellington se preparam para partir em lua de mel para Buenos Aires. Carlos e Edmilson pressionam os recém-casados para contar a verdade para Fátima. Welligton confessa a Fátima que Cacau não está grávida.