No capítulo 95, segunda-feira, 24 de fevereiro – Poodle está feliz porque finalmente poderá adotar as crianças. Estrela diz ao pai que gostaria de voltar para casa. Poodle e Venturina encontram uma carta escrita por Evandro e dirigida a padre Belisário. Leonel e Maria viajam para Aruba e se hospedam na mesma suite onde Patrícia foi assassinada. Mas, ao abrirem o cofre não encontram nada. Ana Rosa confessa a Estevão que o filho que esperava não era dele e sim de Carlos. Maria e Leonel conversam com um funcionário do hotel e descobrem que no dia do crime viram uma mulher de cabelos compridos saindo da suite onde Patrícia estava hospedada e eles deduzem que era Daniela. Greco recebe uma proposta para trabalhar na Holanda e ele aceita. Daniela fica surpresa quando Ângelo lhe diz que Alba é sua mãe.

No capítulo 96, terça-feira, 25 de fevereiro – Vick visita Cardenas na prisão e ele diz que se quiser que a aceite terá que ajudá-lo a sair da cadeia para se vingar de Poodle. Maria e Leonel mostram algumas fotos ao funcionário do hotel para que ele identifique a assassina e ele aponta Daniela. Daniela, furiosa, esbofeteia Alba e a acusa de traidora por ter se envolvido com um homem casado e, principalmente, por ter ocultado durante tantos anos que Ângelo é seu filho. Heitor e Estrela ouvem a conversa e ficam surpresos. Padre Belisário recebe uma carta onde Evandro afirma que Estevão é o assassino de Patrícia. Ele mostra a carta a Maria que, surpresa, diz ao padre que não acredita que Estevão seja o assassino. Heitor leva um presente a Viviam, mas ela não aceita e pede que vá embora porque já não quer mais nada com ele. Alguém entra no escritório de Estevão, rouba a carta escrita por Evandro e a entrega ao delegado de polícia.

No capítulo 97, quarta-feira, 26 de fevereiro – Bruno pede explicações a Estevão por ter tirado a vida da mulher que amava. Greco conta a Estrela que recebeu uma proposta para trabalhar na Europa e aceitou. O delegado recebe a carta e prende Estevão sob a acusação de assassinato. Cardenas consegue fugir da caminhonete que o transportava para a penitenciária. Carlos visita padre Belisário e se diz arrependido de ter se envergonhado de seu pai e de ter sido um mau filho. Estrela diz a Greco que o ama, que sempre o amou e lamenta ter percebido tarde demais. Daniela e Estevão são levados a Aruba para serem julgados pelo assassinato de Patrícia. Demétrio pede tempo ao juiz para preparar a defesa de Estevão mas ele nega e avisa que aquele que for declarado culpado será punido com a pena de morte.

No capítulo 98, quinta-feira, 27 de fevereiro – O juiz comunica Estevão e Daniela que aquele que for declarado culpado será punido com a pena de morte. Estevão pede perdão a Maria e diz que agora entende seu sofrimento. Carlos confessa a Estrela que mentiu quando a fez acreditar que tiveram relações sexuais. Arrependido, ele pede perdão a Estrela e Greco. Alba confessa a Estevão que o ama. Cardenas agride Poodle. Carlos defende o pai e fica gravemente ferido. Agonizando, ele pede perdão ao pai por ter sido um mal filho e morre. Começa o julgamento de Estevão e Daniela. Graças a uma testemunha que reconhece Daniela pelo cabelo, Demétrio ganha tempo para preparar a defesa de Estevão. Fabíola ouve quando Bruno confessa a Leonel que amava sua mãe e que estava esperando um filho seu. Quando o julgamento recomeça, Alba diz a Estevão, diante de todos os jurados, que ele deve deixar de mentir pois é o verdadeiro assassino de Patrícia.

No capítulo 99, sexta-feira, 28 de fevereiro – Diante dos jurados, Alba afirma que Estevão é o assassino de Patrícia, e que ele mesmo lhe confessou. Maria critica Alba por ter mentido no tribunal. Ela diz que agiu assim para se vingar de Estevão por tê-la desprezado. Ana Rosa diz a Maria que tem certeza de que sua tia é inocente e pede perdão por todo o mal que lhe fez. Maria também confessa que Heitor e Estrela são seus filhos e por isso voltou para Estevão. Ângelo desmaia e é levado para o hospital. Depois de fazer alguns exames, o médico diz a Alba e Carmen que Ângelo apresenta sinais de leucemia. Termina o julgamento. Daniela é declarada inocente e Estevão é condenado à morte. Estrela e Heitor, furiosos, acusam Alba de ter mentido e dizem que não querem voltar a vê-la.