No capítulo 126, segunda-feira, 23 de setembro – Inconsciente, Amador consegue lembrar-se do acidente. João Miguel diz a Eduardo, que Amador merece um castigo pior que a morte e conta ao amigo que pretende ir para longe com sua filha. Leopardo agradece João Miguel por tudo que fez por ele e Branca e lamenta que não tenha se reconciliado com Malú. Padre Anselmo aconselha Malú a conversar com João Miguel sem ódio no coração. João Miguel pede a Leopardo que não interceda por ele e o aconselha a voltar para a fazenda, pois não terá que depor no julgamento já que Amador está morrendo. Durante o julgamento, Isabela se declara culpada por ter sido cúmplice de Estefânia na tentativa de homicídio contra Malú. Padre Anselmo aconselha Malú a dizer a João Miguel que não recuperou a visão, mas ela se nega. O advogado de Estefânia a coloca a par da situação de Amador e ela continua se fazendo de louca perante o juiz. João Miguel visita Malú e diz que vai embora para longe já que não existe chance de reconciliação entre eles. Patrício informa João Miguel que Estefânia está se fingindo de louca para evitar o julgamento. O rapaz deixa a casa dos Velarde arrasado e acreditando que Malú já não se interessa por ele. Enquanto isso, a moça chora por que sente que perdeu João Miguel para sempre. Ofélia convence João Miguel a viajar sem a filha. Isabela é condenada a dez anos de prisão. Malú conta a Ana Júlia o que aconteceu com João Miguel e ela diz que se estivesse em seu lugar o odiaria para sempre por tudo que lhe fez.

No capítulo 127, terça-feira, 24 de setembro – Malú propõe a Ana Júlia que trabalhe para ela. João Miguel diz a Tininha que fará uma viagem, mas promete voltar para passar o Natal ao seu lado. Malú relembra tudo que viveu com o seu amado e percebe que nunca poderá odiá-lo, pois não deixou de amá-lo. Estefânia é informada que será submetida a um exame psiquiátrico com o Dr. João Miguel. Os médicos estão impressionados com a resistência de Amador e afirmar que se ele sobreviver levará uma vida vegetativa. Candelária se ofende quando Malú conta que Ana Júlia será sua assistente. Leopardo volta para a fazenda e apresenta Branca como sua esposa. Depois de submeter Estefânia a testes psiquiátricos, João Miguel conclui que ela realmente perdeu a razão e não poderá ir ao julgamento. Ana Júlia começa a trabalhar com Malú com aprovação de Cecília. Estefânia é transferida para uma clínica psiquiátrica enquanto João Miguel embarca para Vancouver. Ofélia leva Tininha para visitar o irmãozinho e descobre que Malú continua cega.

No capítulo 128, quarta-feira, 25 de setembro – Ofélia descobre que Malú não recuperou a visão e pergunta a ela o motivo de ter mentido para João Miguel. Patrício e Cecília comentam o triste destino de Estefânia enquanto Isabela a culpa por sua condenação e só pensa em se vingar dela. Malú implora a Ofélia que não conte a verdade para João Miguel e diz que mentiu, pois quer que ele fique ao seu lado por pena. Ofélia pede perdão a Malú por tudo que fez contra ela no passado. Malú perdoa Ofélia e diz que já sente carinho por ela. Durante o voo, João Miguel pensa com tristeza em Malú e se despede dela para sempre. Ofélia diz a Malú que João Miguel a ama, mas está convencido que ela já não sente nada por ele. Ana Júlia tenta convencer Malú que João Miguel foi embora por que nem ela, nem seu filho lhe interessam. Israel visita Malú e pede a ela permissão para examiná-la. João Miguel telefona para casa e Ofélia conta que Malú continua cega. Israel examina Malú e diz que talvez precise ser operada. Ao sabe que Malú precisa dele, João Miguel interrompe imediatamente a viagem e volta para casa. Malú se emociona com a possibilidade de poder voltar a ver seu filho.

No capítulo 129, quinta-feira, 26 de setembro – João Miguel volta de viagem e diz a Tininha que em breve estarão vivendo junto com Malú e seu irmãozinho. Malú visita padre Anselmo e os amigos da Vila enquanto João Miguel conversa com Cecília, diz a ela o quanto ama sua filha e promete fazer tudo que for possível para que ela recupere a visão. O rapaz encontra Malú na rua, diz que a ama, mas ela, cheia de rancor, tenta fugir dele, é atingida por uma caminhonete e perde os sentidos. Com ajuda do padre Anselmo, João Miguel leva Malú a um posto de saúde próximo e se sente culpado pelo que aconteceu. Patrício culpa o rapaz por tudo que aconteceu com sua filha agora e no passado e exige que se afaste dela para sempre. Cecília teme pela vida da filha e reza fervorosamente. Malú demora a reagir e os médicos temem um agravamento de sua cegueira. João Miguel se desespera com a situação de Malú e é consolado pelo padre Anselmo. Ana Júlia, por sua vez, começa a dar excessiva atenção a João Miguel. Malú recobra a consciência e diz aos pais que não quer ver João Miguel.

No capítulo 130, sexta-feira, 27 de setembro – João Miguel entra no quarto onde está Malú e ouve quando ela diz que não quer voltar a vê-lo. Patrício discute com João Miguel e diz que não permitirá que volte a se aproximar de sua filha. Padre Anselmo consola o rapaz e o aconselha a ser paciente. Os médicos aconselham Patrício a transferir a filha para um hospital com mais recursos, onde exames mais sofisticados poderão dizer se o golpe agravou sua cegueira. Ana Júlia inveja a sorte de Malú e está cada vez mais interessada em João Miguel. Malú continua inconsciente, mas João Miguel pede perdão a ela e a Cecília. Depois comenta com Ofélia sobre o acidente e diz que se sente culpado pelo que aconteceu. Ana Júlia informa João Miguel sobre o hospital para onde Malú foi transferida e diz que pode contar com ela incondicionalmente. Israel teme que Malú não possa ser operada e realiza uma série de exames. Patrício comenta com Israel que Estefânia já está pagando pelo mal que fez a sua filha e diz que o outro culpado também pagará. Malú está com febre muito alta e sofre uma convulsão. João Miguel espera angustiado pelo resultado dos exames.