Segunda-feira – 11/11

Médico diz para Stella que Carlão poderá ficar com sequelas. Patrícia fica irritada com Tônia por ter deixado seus filhos com Michele. Patrícia acusa Tônia de ser cúmplice do sequestro, saca arma e dá ordem de prisão. Dorotéia liga o gravador e mostra trecho de gravação para Danilo e Omar. Omar escuta gravação da conversa entre Danilo e Lili, mas não reconhece a voz da mulher. Danilo fica desesperado com a ameaça de Dorotéia. Dorotéia diz para Danilo que quer afastar Patrícia de Carlão. Anjo diz para Laura que deseja morar com ela. Laura desconversa, mas reflete sobre possibilidade de viver com ele. Picasso se recusa a tirar camisa para Das Dores e ela ameaça investigá-lo. Picasso diz decidido para Van que não deixará que Das Dores descubra o que aconteceu. Stella conta para Michele que Carlão poderá ficar com sequelas. Patrícia diz para Laerte que não vai processar Carlão. Laerte encontra Picasso e diz que Patrícia vai processá-lo. Monet recebe ligação da Corregedora e diz para Picasso que ele foi suspenso. Picasso e Laerte discutem e iniciam uma briga. Patrícia pergunta para Michele sobre estado de saúde de Carlão. Michele chora e diz que Carlão pode não se recuperar totalmente. Donana vai até hospital e encontra Stella. Donana provoca Stella e diz para Laura que quer levar o filho para casa. Stella fica abalada com a decisão de Donana e as duas brigam. Laura intervém e separa a briga. Michele deixa Patrícia levar seus filhos. Tônia é solta da prisão e Joana espera por ela. Tônia diz para a mãe que estava fazendo um favor para Otávio e Michele. Joana reprova atitude de Tônia. Picasso discute com Monet, Van e Caravaggio por ter sido suspenso. Inconformado, Picasso pega uma arma da gaveta da delegacia e sai. Lili entra em táxi e não vê que Mineral é quem está dirigindo. Stella conta para Laura que Carlão é seu filho. Drogado, Picasso vai com uma arma até o apartamento de Patrícia e a ameaça de morte. Vegetal entra no apartamento de Patrícia, aponta a arma para Picasso e o leva embora. Mineral leva Lili até Otávio. Otávio ameaça violentar Lili como forma de atingir Omar. Dorotéia alerta Danilo e Omar de que Otávio pode tentar algo pior. Omar tranquiliza Lili e diz que irá se vingar. Dorotéia encontra Michele e pede que ele não mate Danilo. Caravaggio leva um advogado até hotel onde Picasso está. Caravaggio e advogado abrem a porta do quarto de Picasso. Picasso dispara e acerta o advogado que desaba, morto. Picasso entra em pânico e foge do hotel. Stella vai até a casa de Patrícia e diz, indignada, que ela deveria estar ao lado do marido. Patrícia vai até hospital e encontra Carlão, ainda inconsciente. Carlão é levado para casa dos Vêneto. Laura encontra cigarro no bolso do filho. Picasso liga para Donana e pede mais dinheiro. Donana nega e Picasso ameaça contar para Michele que ela é mandante do sequestro. Carlão desperta do coma e levanta. Ramiro e Otávio encontram Carlão na cozinha.

Terça -feira – 12/11

Otávio conta para o irmão sobre o tiro e o coma. Marco Antônio não se lembra dos anos em que viveu como Carlão. Picasso suborna Donana e mostra gravação de conversa entre eles. Donana desesperada escuta trecho em que ela manda sequestrar os netos. Picasso dá prazo de uma hora para que Donana lhe entregue o dinheiro. Laura sai enfurecida, procurando Gui. Gui não está em casa. Laura encontra suspeito de oferecer droga para o filho e o esbofeteia. Michele vai até apartamento de Patrícia. Patrícia pede para que Michele use sua influência para prender Picasso. Getúlio diz para Michele que Donana foi vista vendendo jóias dela. Michele, desconfiado, pede para que sigam Donana. Patrícia intima Monet e pergunta sobre Picasso. Monet não diz nada sobre Picasso e sai. Patrícia pede para Vegetal que vá atrás dele. Picasso liga para Donana, que diz já estar com o dinheiro. Picasso liga para Caravaggio e pede escolta para pegar o dinheiro com Donana. Michele se assusta ao ver o filho em pé e lhe abraça, emocionado. Laura vai até a casa dos Vêneto. Otávio diz que Carlão acordou e pede para que Laura o examine. Picasso e Donana se encontram na favela. Patrícia descobre que Picasso está no morro e arma o cerco para pegá-lo. Laura examina Carlão e atesta sua melhora. Laura diz para Otávio que encontrou maconha nas coisas de Gui e pede ajuda. Otávio se assusta e diz que vai interrogar Gui para saber a procedência da droga. Donana entrega dinheiro para Picasso e pega fita com a gravação. Picasso reclama do dinheiro e mostra mais fitas semelhantes a que deu para Donana. Picasso pede mais dinheiro pelas fitas extras. Os dois escutam barulho e Michele entra no barraco, surpreendendo-os. Otávio conta para Carlão que ele é casado e que tem dois filhos. Carlão não acredita e ri. Michele acusa Picasso de tentar matar Carlão no hospital. Picasso se esquiva e diz que Donana o pagou para defender seu filho. Michele desconfia. Picasso escuta barulho de sirene e foge. Picasso é surpreendido por Starsky, mas consegue fugir. Otávio e Lívia falam sobre Patrícia, Rafaela e Rodolfo para Carlão. Carlão fica angustiado por não se lembrar dos filhos e da mulher. Stella se emociona ao saber que Carlão despertou. Anjo encontra Gui, que pede para que Anjo não o entregue para a mãe. Michele se reúne com Getúlio e Otávio e diz que eles precisam encontrar Picasso. Picasso se disfarça e vai até delegacia. Patrícia vai até a casa dos Vêneto e encontra Carlão. Surpresa, ela corre até ele e o abraça. Carlão fica confuso e diz não saber quem ela é.

Quarta -feira – 13/11

Carlão não consegue reconhecer Patrícia. Patrícia não acredita, mas Otávio confirma a perda de memória do irmão. Carlão diz para Patrícia que sofre de amnésia seletiva e que, por isso, não se lembra dela e dos filhos. Patrícia fica irritada e acha que tudo não passa de uma brincadeira de Carlão e dos irmãos. Caravaggio, Van e Monet se defendem das acusações de traição feitas por Picasso. Michele diz para Otávio que está desconfiado de Donana. Michele descobre que Picasso está na delegacia e arma cerco para pegá-lo. Anjo despista Gui e pede para Jurandir avisar à Laura que encontrou o garoto. Carlão conversa com o pai e se sente mal por não se lembrar da esposa. Leila conta para Ilana que Carlão despertou. Anjo tranquiliza Laura e diz que conversou com Gui. Laura fica comovida com a ajuda de Anjo e o agradece. Picasso descobre escuta telefônica plantada por Starsky e vai atrás dele, furioso. Van, Caravaggio e Monet o seguem, tentando impedi-lo. Dorotéia diz para Danilo que Michele quer encontrá-lo. Danilo recusa encontro, dizendo que Michele vai matá-lo. Dorotéia o força a ir. Carlão pede para Ramiro buscar fotos da esposa e dos filhos no apartamento de Patrícia. Carlão conversa com Patrícia, ainda abalada por não ter sido lembrada por ele. Ele diz que apesar de saber que é seu marido, não tem sentimentos por ela. Patrícia o beija. Carlão aproveita o clima e a agarra, fingindo ter se lembrado dela. Patrícia se ofende e vai embora. Ramiro segue Helena em shopping, interessado. Helena fica nervosa e entra em restaurante. Ramiro e Baldochi veem Picasso entrando no restaurante, transtornado. Picasso encontra Starsky e aponta arma discretamente, por debaixo da mesa. Ilana vai até a casa de Carlão, se insinua para ele e o beija. Carlão tenta afastá-la, mas Patrícia vê o beijo. Patrícia vai embora, inconformada com o que viu, e Carlão vai atrás. Ele diz que foi surpreendido. Patrícia não contém o choro. Ramiro liga para Mineral e avisa sobre paradeiro de Picasso. Ramiro entra no restaurante e senta na mesa de Helena, disfarçando. Picasso tenta subornar Starsky para que o ajude em um novo plano. Danilo e Dorotéia vão ao encontro de Michele. Michele acusa Danilo de mandar matar Carlão. Dorotéia diz que o tio mandou Veludo atirar em Carlão. Gui se desculpa com a mãe e ela o abraça. Picasso suborna Starsky para que ele seja seu álibi nas acusações de roubo. Caravaggio e Monet intervêm e tentam levar Picasso embora. Ramiro observa tudo e diz para Helena sair do restaurante. A polícia chega ao restaurante e Van Gogh ajuda Picasso a fugir. Van entrega Picasso para Michele. Picasso fica em pânico ao ver Michele dentro do carro. Michele tortura Picasso para tentar descobrir quem comandou ataque a Carlão em hospital. Donana encontra Carlão e leva susto ao ver o filho acordado. Carlão pergunta por Stella. Donana mente e diz não se lembrar dela. Picasso desmaia após ser torturado por Getúlio e Michele. Dorotéia descobre que Carlão se recuperou de coma. Carlão descobre como conheceu Patrícia e arma encontro na praia. Picasso não suporta mais a tortura e revela para Otávio que Donana foi a mandante do sequestro. Otávio fica em choque. Patrícia leva as crianças para praia. Carlão esbarra propositalmente em Patrícia na praia e a derruba, repetindo momento em que se conheceram.

Quinta -feira – 14/11

Carlão se desculpa pela trombada na praia. Patrícia desconfia do encontro armado e Carlão confessa. Patrícia fica irritada e triste por ele ainda não se lembrar dela. Otávio ri e não acredita que a mãe pode ter sido mandante do sequestro. Picasso se desespera e diz ter provas de que Donana armou sequestros dos netos para Carlão reaparecer. Dorotéia descobre que Carlão não se lembra de Patrícia e dos filhos e comemora. Carlão diz para Patrícia que deseja recomeçar a história deles dois. Stella vai morar com Norma e Silvinha para ficar mais perto de Carlão. Otávio pergunta para Donana se ela mandou sequestrar as crianças. Donana finge estar ofendida e nega tudo. Patrícia vai até a casa dos Vêneto, atrás de Carlão, e vê Picasso. Michele conversa com Picasso e cobra dele explicações sobre dia do ataque no hospital. Patrícia interrompe e Michele a questiona sobre detalhes do ataque. Patrícia confessa, a contra gosto, que Picasso tentou atirar em Veludo. Picasso se sente aliviado. Danilo arma com Veludo um ataque a Otávio. Carlão encontra Picasso e relembra o momento em que ele o torturou. Carlão parte para cima de Picasso e Michele intervêm, separando os dois. Michele diz para Carlão que Picasso trabalha para ele agora. Carlão não aceita e sai de casa. Otávio encontra pasta com provas de que Donana sabia do paradeiro de Carlão. Donana fica inconformada ao descobrir que Picasso é o novo capanga de Michele. Michele conversa com Getúlio e arma um jeito de limpar a barra de Picasso. Stella planeja entrar escondida na casa dos Vêneto para ver Michele. Carlão vai até a casa de Patrícia, que o recebe surpresa. Carlão encontra Rafaela e Rodolfo e tenta se reaproximar dos filhos. Eles aceitam bem o pai, que fica aliviado. Veludo vai até o pier e mexe em motor de barco dos Vêneto. Laura vê Otávio bêbado na boate. Stella entra disfarçada na casa dos Vêneto e, sem que ninguém a veja, entra no quarto de Carlão. Carlão não está, deixando-a inconformada. Laura liga para Carlão e avisa sobre Otávio. Carlão pede para Vegetal buscar Otávio na boate. Xuxu pergunta a Otávio sobre barco e Danilo observa os dois, de longe. Vegetal chega para buscar Otávio, mas ele o despensa, com raiva. Carlão adormece no quarto dos filhos. Patrícia o acorda e diz para que fique aquela noite. Carlão dorme no sofá. Donana encontra Stella no quarto de Carlão. Stella diz que só estava ali para ver o filho. Donana, impiedosa, manda Mineral expulsar Stella. Otávio e Xuxu vão para o barco. Carlão diz para Patrícia que sente muito por não se lembrar dela. Monet descobre que Picasso virou capanga de Michele. Picasso vai até delegacia. Michele descobre que Donana expulsou Stella da casa dele. Michele chega com Stella na casa dos Vêneto, pegando Donana de surpresa. Carlão faz café para Patrícia e diz que se sente em casa. Patrícia fica tentada a beijá-lo. Vegetal chega na casa de Patrícia. Ele diz que Otávio sumiu com Xuxu e que pode estar correndo risco de vida. Carlão se desespera com a possibilidade de matarem seu irmão.

Sexta -feira – 15/11

Michele leva Stella até sua casa e a apresenta para a família. Vegetal fala de Xuxu para Carlão. Picasso tenta acalmar os outros tiras. Carlão fica focado em descobrir a verdade sobre Xuxu. Anjo passa um dos endereços de Xuxu para Carlão. Carlão fica preocupado com Otávio. Ele acha que o irmão ainda corre risco de morte. Otávio e Xuxu, após bebedeira, ficam desacordados no barco. Danilo e Veludo conversam sobre o plano de matar Otávio. Livia e Stella não se entendem. Donana se sente humilhada após Michele levar Stella para a fazendinha. Laura diz a Carlão que viu Danilo na boate. Carlão passa a ter certeza de que Otávio corre perigo. Ramiro e Dorotéia conversam sobre o desaparecimento de Otávio. Michele fica preocupado ao saber do sumiço de Otávio. Stella tem um pressentimento ruim. Carlão descobre novas pistas sobre o paradeiro de Otávio. Livia conta a Michele que Carlão acha que querem matar Otávio. Marcinha e Tadeu namoram quando Fernanda chega e interrompe. Fernanda dá um tapa em Marcinha. Dorotéia fica desesperada ao saber de Danilo que Omar deu ordens para matar Otávio. Vegetal recebe ordens de Michele e impede que Carlão corra atrás de Otávio. O barco de Otávio começa a pegar fogo e ele continua desacordado. Otávio acorda e fica assustado com a situação. Ele pula no mar e é resgatado pela guarda costeira. Carlão fica aliviado ao saber que Otávio foi resgatado. Michele ordena toque de recolher na fazendinha. Michele confessa a Vergueiro que ele falhou com seus filhos. Otávio e Carlão se emocionam juntos ao se reencontrarem. Michele visita Omar e o ameaça. Dorotéia conversa com Danilo sobre a tentativa de matar Otávio. Donana tenta ameaça Norma mas é impedida por Stella. Donana dá ordens para Mineral machucar Silvinha. Laura, Romeu e Anjo ajudam Silvinha a escapar de um estupro. Stella tem certeza de que Donana planejou o estupro de Silvinha. Patrícia e Carlão se beijam. Omar planeja atacar os Vêneto novamente. Caravaggio tenta convencer Picasso de que ele não o traiu. Dorotéia leva Danilo até a delegacia e diz que ele foi o responsável pelo atentado aos Vêneto. Doroteia diz a Carlão que colocou Danilo na cadeia. Michele faz as malas de Donana e a expulsa de casa.